Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
28/02/23 às 16h10 - Atualizado em 22/05/24 às 21h05

Segundo ciclo do QualificaDF Móvel do ano forma 807 alunos

 

 

 

 

Catarina Lima, da Agência Brasília | Edição: Carolina Lobo

 

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda (Sedet) realizou, nesta terça-feira (28), a cerimônia de formatura de 807 alunos do 2º Ciclo de 2023 do QualificaDF Móvel.

 

O programa, que leva cursos profissionalizantes a diversas regiões administrativas, esteve nesta edição em Samambaia, Riacho Fundo II, Recanto das Emas e Planaltina com as especialidades de atendente de call center, auxiliar de recursos humanos, designer gráfico, manutenção de aparelhos celulares, auxiliar de contabilidade, atendente de farmácia, montagem e manutenção de computadores, auxiliar administrativo e atendente de pet shop.

 

“Os cursos do Qualifica Móvel têm a mesma qualidade e carga horária dos presenciais. Procuramos fazer os cursos atendendo a demanda do mercado de trabalho”, explica o secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda, Thales Mendes.

 

Como exemplo, o gestor pontuou que todos os alunos dos cursos de atendentes de call center e de farmácia que se formaram agora foram contratados por empresas que atuam na capital federal.

 

O QualificaDF Móvel chega aos alunos por meio de quatro carretas/salas de aula que percorrem ao mesmo tempo as regiões do DF, sendo que cada uma oferece 220 vagas, 110 no período matutino e 110 no período noturno. Uma carreta tem capacidade de ofertar cinco cursos de cada vez.

 

Vanessa Cristina Assis, que recebeu o diploma nos cursos de designer gráfico e auxiliar de recursos humanos, elogiou o fato de as capacitações serem gratuitas e abrirem oportunidades. “Os cursos foram muito bons, com informações claras. Agora vou estudar um pouco mais o que aprendi e aplicar no meu trabalho”, afirma Vanessa, que atua na área da beleza.

 

Geovanna Martins, que também se formou nesta terça-feira, ressalta que depois de terminar o curso de auxiliar administrativo sente-se qualificada para o mercado de trabalho: “Descobri a existência do Qualifica por acaso, quando estava andando pela rua, e gostei muito”.

 

“Os cursos variam de uma região para outra. É feito um estudo preliminar, em que verificamos a vocação de emprego da cidade. Esse é um dos critérios adotados para a escolha dos locais para onde as carretas vão”, explica o secretário adjunto da Sedet, Ivan Alves. Ele adianta que estão previstos nove ciclos do QualificaDF Móvel neste ano, dos quais já foram realizados dois. “A ideia é que todas as cidades do Distrito Federal sejam percorridas.”

 

 

Próximo ciclo

 

As inscrições para o 3º Ciclo do QualificaDF Móvel se encerraram no dia 26 de fevereiro. Um total de 2.800 pessoas se cadastraram para concorrer as 880 vagas ofertadas. Desta vez, o QualificaDF Móvel estará no Paranoá, Samambaia, Setor O e Riacho Fundo II. O objetivo do programa é levar cursos profissionalizantes às pessoas que precisam se qualificar, mas não dispõem de recursos financeiros para pagar passagens de ônibus e ir aos locais onde as aulas ocorrem.