Governo do Distrito Federal
18/02/22 às 17h02 - Atualizado em 18/02/22 às 17h02

Cidade Estrutural terá nova sede do 15º Batalhão da PMDF

Com orçamento estimado de R$ 6,3 milhões, prédio faz parte do pacote de ações do projeto Área de Segurança Prioritária (ASP)

 

Com a meta de reforçar a segurança na Estrutural e oferecer melhores condições aos policiais militares que trabalham na região, o Governo do Distrito Federal publicou aviso de licitação, nesta semana, para construção da nova sede do 15º Batalhão, responsável pela área.  A estrutura será erguida na região central da Estrutural. Atualmente, o batalhão funciona no Centro Olímpico, na entrada da cidade.

 

Para o funcionamento da unidade, serão empregados 20 policiais no expediente administrativo e 150 policiais em escala operacional. O valor total estimado é de R$ 6,3 milhões. A data limite para recebimento das propostas está fixada em 9 de março, às 14h, horário de Brasília. O início das obras está previsto para maio.  A construção do 15º BPM faz parte das ações executadas pelo projeto Área de Segurança Prioritária (ASP), que integra o programa DF Mais Seguro, da Secretaria de Segurança Pública (SSP), e esteve por seis meses na região.

 

Projeção do novo prédio do batalhão policial: segurança ampliada para toda a região | Arte: Divulgação/SSP

 

“A construção da nova sede compactua com o reforço das ações de segurança que estamos promovendo na Cidade Estrutural”, afirma o secretário de Segurança, Júlio Danilo. “Além disso, integra o pacote de obras que estão sendo realizadas na segurança pública pelo Governo do Distrito Federal, como a construção da nova sede do Instituto Médico Legal, da Polícia Civil, e a construção do batalhão em Ceilândia.”

 

O comandante do 15º BPM, major Rodrigo Abadio, lembra que a nova sede trará benefícios para todos. “A expectativa é de uma estrutura própria para o exercício da função policial, que atenda todas as condições de efetivo, viaturas e os diversos equipamentos da corporação”, diz. “Para a comunidade, representa uma elevação na qualidade do serviço de segurança pública, valorização da cidade e, sobretudo, para as pessoas que nela vivem”.

 

Estrutura 

 

A sede conta com uma área total de 1.644,80 m2, onde serão construídos dois pavimentos. No térreo haverá estacionamento e recepção, além de espaço para atividades operacionais. O pavimento superior terá ambientes destinados à circulação vertical, atividades administrativas e operacionais da PMDF, vestiários, alojamentos e ambientes de apoio ao administrativo.

 

“Graças ao governador Ibaneis Rocha, será possível entregar esse presente para a Estrutural”, pontua a administradora regional do SCIA/Estrutural, Vânia Gurgel. “É a implantação de uma estrutura policial adequada com o objetivo de garantir mais segurança, trazendo tranquilidade e qualidade de vida à comunidade.”

 

Para o presidente do Conselho Comunitário de Segurança da Cidade Estrutural (Conseg), Valério Cristiano, a nova sede do 15° BPM representa uma conquista há muito esperada pela comunidade. “O 15° BPM é a continuação do olhar atento do Estado para garantir uma melhor qualidade de vida para nós, moradores da Estrutural”, pontua.

 

Área de Segurança Pública

 

Lançado na Cidade Estrutural em junho do ano passado, o programa Área de Segurança Pública nasceu a partir de um diagnóstico da região. As equipes da SSP elaboraram um plano de ação integrada com a participação de diversos órgãos do governo, como Casa Civil, Administração Regional do SCIA/Estrutural, CEB, secretarias de Obras, DF Legal e da Mulher, além das forças de segurança pública.

 

Durante as ações, foram organizadas atividades culturais voltadas para diferentes públicos, como cursos e palestras. A ASP ofereceu expedição de carteiras de identidade e de trabalho, atendimento jurídico e psicossocial e serviços relacionados a veículos e habilitação. Também foi inaugurada uma central de monitoramento remoto (CMR), no 15º Batalhão. A nova estrutura permite a transmissão de imagens em tempo real, o que contribui para inibir a criminalidade e dar mais segurança aos cidadãos.

 

*Com informações da Secretaria de Segurança Pública

 

Agência Brasília* | Edição: Chico Neto